Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘eu’ Category

it´s raining again

Com a chuva de regresso questiono-me sobre o efeito do tempo no humor, sobre as razões que fazem as gotas de água que caem lá fora caírem também no meu rosto.

Ou será que apenas me faltam horas para dormir, sonhos para sonhar, dias para não acordar?

Read Full Post »

o meu caminho

Estou perdida, sabes? Procuro o meu caminho e não encontro as migalhas que fui deixando. Será que me esqueci de as deixar? Ou será que desapareceram, se fundiram com a natureza, após tanto tempo de abandono?

Tenho que começar de novo, que construir um novo caminho, desta vez a um, e, esperar que, a pouco e pouco, reconheça as pedras, os rios, as planíceis e os percursos atribulados.

Sempre em frente, em direcção ao horizonte, aos sonhos.

Read Full Post »

organização

Estive a organizar o coisas minhas, a compô-lo com coisas soltas que fui escrevendo por aí, a ver se fica com mais corpo, cada vez com mais coisas minhas.

Read Full Post »

(in)competência para amar

Por muito que pense no que quero para mim e para a minha vida é-me sempre mais fácil definir o que não quero do que o que realmente quero e sofro com isso, nivelo a minha vida por baixo, por um lado, e espero demais de tudo o resto que quero como meu.

Sou assim comigo, contigo, connosco, com os outros, com todos aqueles de quem realmente gosto.

Read Full Post »

a minha caixa

Luto com a decisão de manter ou não a minha caixa de pandora aberta, mantenho a destruição bem guardada dentro de mim ou solta-a e partilho-a com o mundo, que, sendo de todos, é meu também?

Read Full Post »

plano de poupança

Isto de morar sozinha tem a desvantagem de ser sempre o mesmo NIB de origem para o pagamento das contas da prestação da casa, da luz, da água, do gás, da tv, da internet, da gasolina, das compras do supermercado e de todos os extras e indispensáveis para o meu dia a dia.

Por isso hoje decidi instituir uma poupança forçada, para ter mais um dinheiro para outras coisas, para outros extras, outros devaneios, outros planos, desejos próximos ou a mais longo prazo.
Devagarinho, e aos poucos, já que abdico de umas coisas, porque não posso poupar para outras?

Read Full Post »

feels like monday

Por vezes sinto-me a perder a razão. A viver num mundo tão meu, que me assusta e me preocupa que não queira mais de lá sair, não porque seja melhor, apenas por inércia, por revolta, por medo, por sono até.

Read Full Post »

Older Posts »