Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘desejos’ Category

magnólias

No jardim de uma casa vizinha foi plantada uma magnólia, jovem, bem segura por uma estaca.

No entanto, dela já espreitam dois botões lindos, que sorriem ao sol e quase me fazem cheirar a primavera.

Se um dia tiver um jardim também gostava de ter uma magnólia.

Advertisements

Read Full Post »

Quero oferecer-me uma prenda, preciso.

Apetece-me perder-me nas lojas à procura da prenda perfeita para mim.

Escolher com amor e carinho, comprar, pedir para embrulhar.

Ao chegar a casa, abrir e com muito, muito carinho apreciar, acarinhar, usar.

Apreciar o abrir uma prenda por nenhuma razão em especial ou por tantas em particular.

Uma prenda escolhida especialmente para mim.

Read Full Post »

ir


Queria voar, ser leve como uma pena, subir por cima deste mundo e ir para perto do sol, sem que as minhas asas se descolassem e conseguir chegar perto da luz amarela e deixá-la aquecer o meu coração.

Read Full Post »

o segredo (ii)

A propósito da hierarquia das vontades, da força do muito querer e do poder da vontade, lembro-me sempre da estória do senhor que queria muito um carro e queria muito uma casa e todos os dias ele mentalizava e visualizava, uma casa, um carro, sem se decidir.
Um dia, ganhou uma auto-caravana num sorteio.

Read Full Post »

3

Queria que hoje fosse um dia diferente, que não me entrasses em casa com as flores e o livro de sempre, que viesses pronto a conquistar-me mais uma vez, desta vez a sério, com vontade e não porque foi acontecendo.
Queria não ter expectativas tão elevadas, não exigir tanto de ti, talvez porque queria que exigisses mais de mim, me quisesses e me agarrasses mais.
Não queria que tudo estivesse igual.

Read Full Post »

Se eu soubesse voar sentava-me no chão a olhar para o big ben, a ver passar os double deckers, a ouvir turistas de todas as nacionalidades. Ou ia até à southbank caminhava pela beira rio, passava junto à Tate, parava para um capuccino num starbucks qualquer e continuava de volta, para junto do big ben, para lhe dizer mais uma vez que tenho saudades dele.

Read Full Post »

Queria acordar para o dia entre lençóis de cetim, vermelhos, despida.
Queria continuar o dia em sonhos e revoluções nos lençóis ou fora deles.
Queria terminar o dia num sofá branco, pernas esticadas, livro entre as mãos.

A felicidade podia ser tão simples.

Read Full Post »

Older Posts »