Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘cinema’ Category

mamma mia!

Boa disposição, amor, finais felizes, risadas, tudo o que eu estava a precisar depois de um fim-de-semana mais atribulado. E que vontade de cantar, dançar ao som daquelas músicas que fazem parte do nosso imaginário.

Nos próximos dias, a banda sonora acompanha-me no carro, para trazer o sol grego aos meus dias.

Read Full Post »


Antes que acabasse o mês de Agosto, fomos vê-lo ao cinema, por entre bailaricos, canções populares, amores de Verão, vilas da Beira, emigrantes, tudo falado em português.

Gostei deste retrato das nossas romarias, das cantigas, do amor das mulheres, do documentário que se transforma em filme, dos sons que não estavam lá, e dos que estavam lá, nas paisagens, nas serras.

Read Full Post »

wall.e


Uma história de amor deliciosa, uma lição sobre a vida, o futuro possível (?), numa animação de qualidade da Pixar, cada vez mais para graúdos que para miúdos.
Adorei!

Read Full Post »

orgulho e preconceito

lizzie-darcy-450.jpg

Quero despertar amores e ódios, quero ser querida, desejada, conquistada, namorada e pedida. Amar e recusar, amuar, fazer as pazes, amar e aceitar.

Quero viver turbilhões de sentimentos, sentir o pulsar de outro coração ao lado do meu, o meu pelo dele, o dele pelo meu, quero sorrir de felicidade e não só chorar.

Read Full Post »

coração selvagem

wild_at_heart_ver1.jpg

A partir do momento em que ele lhe canta a canção errada era de esperar que ela fizesse beicinho e começasse a questionar mais do que até aí questionara, mas, apesar de tudo, o final feliz prevaleceu e o love me tender sempre saiu em jeito de serenata, alguns anos depois.

Curiosamente tinha memória apenas dos fotogramas na cama e do acender dos cigarros, por um lado, e, vagamente, da cena da Lula com o Johnny Peru.

Foi bom rever.

Read Full Post »


Desencontros, fantasias, desejos proibidos, medos e ansiedades, explorados e apaziguados por experiências novas, por convívio e confronto com o não habitual.
Será o comum satisfatório? Ou estará o invulgar sobrevalorizado?
Uma visita ao shortbus por certo ajuda.

Read Full Post »

A Elaine e o Tobey têm uma relação perfeita de sete anos em que ele sabe bem o que quer e ela também, sendo que não é necessariamente o mesmo. A Elaine quer casar e ter um bebé, o Tobey quer um lugar para estacionar o carro onde não seja rebocado, tendo como certo que um dia, eventualmente, todos morreremos.
É a vida um dia de cada vez contra a vida do viver felizes para sempre. Sem duvidar nunca que eles se amam. Apenas têm necessidades diferentes.

Read Full Post »